Assessor – Pe. Ademar Maia, CSsR

COMO NOS ORGANIZAMOS E ARTICULAMOS
Ela vem de dentro
De dentro ela vem
Toda magia que a PJ tem

A Pastoral da Juventude, a partir do seu 5º Encontro, definiu que sua organização é formada pelos grupos de jovens, pela Ampliada da Pastoral da Juventude, pelo Encontro Nacional, pela coordenação nacional, pela comissão nacional de assessores e pela secretaria nacional da PJ. Inseridos na igreja do Brasil, nossos referenciais em nível nacional são o bispo da CNBB encarregado de acompanhar a evangelização da juventude no Brasil e o encarregado do Setor Juventude, também da CNBB. A mesma orientação vale para as instâncias dos Regionais da CNBB.

GRUPOS DE JOVENS
A Pastoral da Juventude tem os grupos de jovens como uma opção político pedagógico onde a vivencia grupal acontece para a ação evangelizadora. “Organizamos-nos a partir dos grupos de jovens, por acreditar que este é um espaço privilegiado de valorização do protagonismo juvenil, da vivencia da comunitária e da evangelização. Fator importante para o processo de educação na fé. A reunião do grupo é um momento importante e fundamental na vida do grupo. É no processo de reunião que o grupo nasce, cresce e amadurece. A reunião é o “miolo” da fruta, na formação integral do grupo jovem que entra no processo” (Criando Grupos de Jovens)Os grupos de base são grupos que se reúnem frequentemente para a reflexão. Comprometem-se na oração e ação. São grupos de vida, onde todos tem (e deve ter) sua própria maneira de ser. Não existe um modelo pronto, para ser copiado. O desenvolvimento das reuniões e encontros, possuem características diversas em cada lugar e grupo. Enfim o grupo é lugar de amizade, de crescimento na fé, de socialização juvenil, de conhecimento integral de si, do outro/as, da comunidade, da sociedade, do projeto de vida e da vocação (Plano Trienal da PJ 2005-2007).

ENCONTRO NACIONAL DA PASTORAL DA JUVENTUDE
A Pastoral da Juventude Nacional realiza seus Encontros Nacionais a cada três anos, com representação de jovens de todas as dioceses em que houver trabalho articulado de pastoral da Juventude. Esse é um espaço para troca de experiências, reflexão da caminhada e apontamentos de pistas para a ação. Sua preparação e animação são de responsabilidade da coordenação nacional de jovens e assessores. Cada encontro aponta três cidades para acolher o encontro e a cidade que for escolhida terá que garantir uma infra-estrutura que possibilite o mesmo. Em nossa paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso o padre Miguelito é o assessor da Pastoral da Juventude.
http://www.pj.org.br