Denúncia contra eles havia sido registrada em 2012. Tentativas de fiança ou libertação da prisão têm sido inúteis

A vida continua difícil para os cristãos no Paquistão. Foi confirmado pela agência de notícias Fides que dois irmãos, Qaisar e Amoon Ayub, foram detidos em Lahore sob a acusação de blasfêmia; um deles também é acusado de publicar material ofensivo em seu site. A queixa contra eles foi registrada em 2012. De acordo com os dois, o site denunciado foi fechado em 2009. Parece, no entanto, que um amigo muçulmano dos irmãos o restaurou por conta própria, mesmo que, formalmente, a propriedade continue em nome de Qaisar Ayub.

Os dois irmãos são casados. Qaisar é pai de três filhos. Os dois fugiram durante um período para Singapura e de lá para a Tailândia. Ao voltarem ao Paquistão, em 2012, Qaisar foi informado de que uma denúncia de blasfêmia tinha sido registrada contra ele. Em novembro de 2014, Qaisar e Amoon foram presos.

A ONG Claas, que defende os cristãos em processos judiciais nos quais são acusados apesar de inocentes, assumiu o seu caso por considerá-lo baseado em acusações falsas. Até agora, as tentativas de fiança ou de libertação dos dois irmãos não têm dado resultado.Fonte: Zenit