Para o Papa, “o futuro da Igreja está na Ásia”

Ass. Comunicação

Francisco confidenciou em uma recente conversação com o cardeal Tagle

cardeal Luis Antonio Tagle, arcebispo de Manila, falou sobre uma conserva que teve com o Papa Francisco, o qual teria afirmado: “O futuro da Igreja está na Ásia”.

De acordo com o que informa Asia News, o prelado filipino revelou as palavras do Papa durante uma coletiva de imprensa organizada pelo Pontifício Ateneu de Filosofia, Teologia e Direito Canônico de Bangalore, na Índia.

Em seu discurso, o Cardeal Tagle declarou ter se encontrado recentemente com o Santo Padre para discutir a sua nomeação como chefe da Caritas Internationalis e da Federação Bíblica Católica. Tagle pediu para ser retirado do seu cargo, mas o Pontífice recusou dizendo que o quer um asiático, porque “o futuro da Igreja está na Ásia”.

“Não é uma questão de honra. É um desafio, uma profecia ou um grande chamado? Não sabemos. Mas é certamente uma questão de grande responsabilidade, uma grande missão”, disse o cardeal.

A Igreja na Ásia, acrescentou, “leva a sério a nossa missão e está à procura de métodos que nos permitam dar uma contribuição à Igreja mundial, em termos de reflexão, pesquisa e prática”.

O cardeal Tagle disse que a Igreja está se concentrando em continentes como a África, Ásia e Oceania, em “locais de grande sofrimento e dor, que se tornaram o centro de gravidade da vida e da reflexão da Igreja”.